Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Waiau: o lago do Havai que está a desaparecer misteriosamente

Mäyjo, 16.04.14

Waiau: o lago do Havai que está a desaparecer misteriosamente (com FOTOS)

 

Desde 2010, o Lago Waiau – o único lago alpino do Havai e o terceiro mais elevado dos Estados Unidos – diminuiu de cerca de seis mil metros quadrados para 115 metros quadrados. Há três anos, a profundidade do Waiau era de 2,74 metros e actualmente é menos de 38 centímetros.

Para além de ser o único lago deste tipo no estado do Havai, o Waiau tem um grande significado na cultura havaiana. Segundo as crenças locais, o Waiau contém águas puras que estão associadas ao deus havaiano Kane e que eram utilizadas para a cura tradicional e rituais de adoração.

O departamento de rangers de Mauna Kea, a montanha mais elevada do Havai, e oObservatório Vulcanológico do Havai têm estado a monitorizar as alterações na superfície do lago desde 2010. Contudo, as entidades oficiais e os cientistas ainda não conseguiram perceber as causas para tais alterações.

Uma das razões apontadas pelos cientistas pode ser a seca que o Havai tem vindo a experimentar desde 2008. Segundo os relatórios da estação meteorológica de Mauna Kea, houve pouca precipitação durante vários meses consecutivos de 2010. “[Isso] pode ter sido o factor que desencadeou a diminuição do nível da água, que foi sustentado pela baixa precipitação nos anos subsequentes”, indica outro relatório do Observatório Vulcanológico, refere o Huffington Post.

Outro factor que os cientistas estão a considerar é o facto de Lago Waiau ser um lago de depósito, onde a água é retida numa depressão à superfície através de substratos impermeáveis. “Estes substratos consistem em camadas de argila siltosa, intercaladas com camadas de cinzas e é possível que exista um permafrost (tipo de solo que se encontra a zero graus Celsius ou a menos, durante dois anos ou mais) alpino subjacente ao lago”, aponta o relatório.

Estas são algumas das possibilidades que os cientistas apontam para a alterações que têm ocorrido no lado, porém, nenhuma ainda foi dada como certa. Desde que foi revelado que a superfície do Waiau está a diminuir, o número de turistas que quer visitar o lago tem aumentado.